sexta-feira, 28 de novembro de 2008

MINHA TRACUNHAÉM





























Histórico

As terras onde atualmente fica o Município de Tracunhaém pertenciam ao Município de Nazaré e tiveram seu povoamento iniciado na primeira metade do século XVIII, por alguns exploradores de pau-brasil e fazendeiros criadores de gado. Localizado na Zona da Mata, futura região canavieira no Estado, o povoado teve vários engenhos de açúcar que impulsionaram o seu desenvolvimento.

O Distrito foi criado, já sob a denominação de Tracunhaëm, pela lei municipal nº 5, de 30/11/1892 (também pela lei municipal nº 145, de 09/12/1914), subordinado ao então Município de Nazaré. Extinto pela lei municipal nº 445, de 21/11/1929, o Distrito foi recriado pelo decreto municipal nº 5, de 07/11/1930. Tracunhaém foi elevado à categoria de Município pela lei estadual nº 4.950, de 20/12/1963.

À época de sua emancipação, o Distrito foi desmembrado de Nazaré da Mata e o Município foi constituído apenas do distrito-sede. O Município de Tracunhaém foi instalado a 02 de março de 1964. O nome Tracunhaém é um vocábulo de origem tupi e significa “formigueiro” ou “panela de formiga”. Quem nasce no Município de Tracunhaém é tracunhaense.

Dados gerais

Localização: Litoral/Mata, microrregião Mata Setentrional, a 63 km do Recife.
Área: 173 km2
Solo: Argiloso
Relevo: Ondulado e forte ondulado
Vegetação: Floresta subperenifólia
Ocorrência mineral: Constituição argiloso e rochosa
População: 12.536 habitantes
Eleitorado: 10.204 eleitores (TRE 2006)
Dia de feira: Domingo
Data de comemoração da emancipação política: 20 de dezembro
Padroeiro: Santo Antônio
Base econômica: Agropecuária, indústria de transformação e turismo.

2 comentários:

maracatuleaonazareno disse...

Zuza, como vai?? voCê precisa se soltar mais no blog.
Escreva artigos sobre Tracunhaém e a cultura local.
Nal

REGILENE disse...

Massa.ficou lindo..........